Friendfeed é tão 2005

Está todo mundo falando essa semana do Friendfeed, de lifestream, blablabla, mas isso já foi “inventado” por uma turminha do barulho aqui no Rio em 2005 (ou 2004… ou 2006… esse tipo de memória não é meu forte) e chama-se Wasabi. Todo mundo correu, fez o cadastro mas logo o serviço caiu no esquecimento justamente pela falta de relevância e porque, como bem o Fabricio, quem deve ajuntar os feeds das pessoas são os leitores e não os geradores de conteúdo. Tanto que ninguém nem lembrou do site com a volta da moda.

Sim, talvez o Wasabi fosse um daqueles produtos à frente de seu tempo e agora coisas como o Friendfeed virem febre. Mas eu não apostaria nisso não.

15 thoughts on “Friendfeed é tão 2005

  1. Concordo com você…

    O ponto talvez seja de onde vem o buzz sobre as duas ferramentas. Enquanto pouquíssimos conheçam o Wasabi, Frienfeed foi elogiado por Twit, MacBreak Weekly, Amber Mac e acho que até no Diggnation…

    É legalzinho, mas talvez já tenhamos chegado ao ponto em que é só mais um lugar a ir… E sinceramente, eu – pelo menos eu – não sei se vale a pena ter mais um lugar pra ir..

    Boa Páscoa.

  2. Eu fui no Wasabi.

    É tão próximo de um Google Reader que não me interessou tanto.
    Pessoalmente assino feeds demais e acabaria ficando meio de saco cheio de ainda por cima, por exemplo, ter acesso aos seus feeds =)

    Imagino que com uma interface diferente talvez me interessasse mais, sei lá.

    Vai que um dia bomba… O Newton era tão 1993 até que o PalmPilot surgiu.
    O Palm era tão 1996 (sucesso mesmo em 98/99) até que outras empresas fizeram outros PDAs.

    Eu não sei se basta a idéia… me parece pouco.
    Um software que não faça sucesso hoje, com uma interface melhor PODE fazer um sucesso brutal, amanhã, em minha opinião (mas não necessariamente consegue).

    Acaba sendo uma loteria complicada.
    Se o Google Reader agrega esta funcionalidade de forma mais evidente, por exemplo, tem grande chance de ser usado e aí tchau Wasabi e FriendFeed.

    E a minha barra de “lugares”, no Firefox, já tá cheia demais!

  3. Olá Cris!

    Caí no seu blog através de um amigo meu, o Roney. Ele comentou justamente essa matéria porque eu acho que fui “contagiado” pelo FriendFeed.

    Eu acredito que o FriendFeed, ou qualquer outra ferramenta que unifique o conhecimento, que tenha como objetivo uma real colaboração, realmente é uma ferramenta digna de ser chamada de ferramenta web 2.0 (apesar de eu não gostar dessa definição).

    Colaboratividade, ao meu ver, é saber o que o seu amigo está fazendo, que sites ele anda favoritando com stumble, videos do youtube, del.icio.us, blogs, e outras mais…

    Se vai pegar, como pegou o orkut (argh!), não sei… Mas eu espero firmemente ter uma ferramenta colaborativa como o FriendFeed que seja realmente de colaboração e interatividade entre com a sua rede de relacionamentos!.

  4. Vale lembrar tambem que o lugar onde um site nasce eh tao (ou mais) importante que a utilidade do mesmo. Dezenas de digg-likes ja existiam quando o digg lancou, mas soh o digg eh do vale do silicio, pra citar um exemplo…

  5. Olha, eu gostei…

    Sou o roneybelhassof lá.

    Não é nada assim noooooovo, mas pelo que eu vi é basicamente um treco onde os amigos podem entrar e ver tudo que a gente vem marcando em nossas navegações.

    Em vez de procurar nossos favoritos no Youtube (um saco de achar), no StumbleUpon, no Delicious e em meia dúzia de outros lugares basta entrar em um lugar só para ver tudo.

    A propósito acabo de notar que discordo do Bruno! 😉

    Não é mais um lugar para ir, é um lugar só para ir em vez de ir num punhado de outros. Acho que vai me ajudar a ganhar um pouco de tempo em minha rotina de navegação 😉

  6. Eu gosyei do FriendFeed. O unico GRANDE PROBLEMA é a desorganição das informações. Deveria haver uma forma de organizar o conteúdo que é exibido na tela.

  7. Creio que na verdade o Wasabi estava à frente do seu tempo… hoje em dia os serviços que o friendfeed agrega estão mais populares logo o público alvo é bem maior que no tempo do wasabi…

    O ff foi criado por ex-googlers também o que dá a eles publicidade instantânea (e $5M http://www.crunchbase.com/company/friendfeed) mas acho que o produto tem potencial lá nos USA, aqui eu não sei se vai vingar (tomara que não, porque estou desenvolvendo algo similar mas diferente :)…

  8. Pingback: lifestreaming

Comments are closed.