Enquanto isso, em cima do telhado…

O TopLinks ainda é relevante pra alguém? Por mim ele subiu no telhado… Aliás, ele já foi chamado de lixo pelo Marcelo Tas numa coluninha da Superinteressante. Eu ri e tive que concordar com o cara.

De umas semanas pra cá mudei criei uns robozinhos “encontradores de blog” e o resultado é que a homepage do TopLinks é, hoje, dominada por links portugueses. Brasileiro, ao que parece, não linka tanto quanto portugueses.

Às vezes é preciso saber dizer chega. Então se ninguém se manifestar em uma semana o bichinho cai do telhado e é enterrado. Falem!

18 thoughts on “Enquanto isso, em cima do telhado…

  1. Pô, justo agora que tô pra publicar um post a respeito da relação de mais populares do TopLinks? Em tempo: pena que você limitou a 100 resultados na relação de blogs que linkam cada destaque do TL.

  2. Mata não melhora, sei lá, disponibiliza o fonte (GPL, BSD…) quem sabe alguem como eu 😀 não queira continuar! Bota no lixo não!

  3. é isso ai rapaz, ja se foi a epoca do idearo, blogchalking e com certeza ja se foi tambem a do toplinks :/

    Mas a vida tem dessas coisas 🙂 … Burn the toplinks!!!!

  4. Cris, voce sabe que eu gostava bastante do TopLinks, mas pra ele continuar existindo tem que realmente mudar algumas coisas para que os links voltem a ter relevancia. Mas a ferramenta e legal, ideia bacana, se voce tiver saco pra continuar, nao mata nao 🙂

  5. O Toplinks, pra mim, faz parte da história da blogosfera brasileira… Tal como o precursor, Blogdex, trata-se de uma forma de ver o que está em pauta nos blogs do país… Acho que não deveria acabar, seria como encerrar um capítulo dessa história.

    Talvez, merecesse, no entanto, um overhauling. Mas sei que isso depende da paciência do autor. Mas Cris, por favor, pense bem antes de encerrá-lo. Acho que faria muita falta…

  6. o lance de agregar pessoas e novas ideias ao projeto a fim de uma reformulação acredito ser uma saída melhor… iniciativas como o toplinks não devem acabar assim… tu não acha?!
    sem falar que, nada contra o tas, mas a super deixou de ser parâmentro pra muita coisa depois da saída do andre singer em 2000… :/
    []’s

  7. Não passo por lá tem tempo, mas mais por eu não ter hoje tanto tempo para navegar “a esmo”. Como tem mais gente a favor de livrar o Toplinks da degola, me solidarizo com eles.

  8. Cris, pensa no quão revolucionário ele foi. Ele, digamos assim, foi o contemporâneo do Technorati… Mas Brazuca… Abs

  9. Gostei da idéia do Tiago de disponibilizar os fontes via GPL (ou qualquer outra licença GPL-compatível) e deixar nas mãos de outras pessoas o projeto. Quem sabe alguém não pega e dá uma revitalizada? hehehe

  10. Eu ia mesmo perguntar se era possível disponibilizar os fontes pra galera 🙂 Legal ver que outras pessoas tem o mesmo interesse 🙂

Comments are closed.